Loading

wait a moment

São Gonçalo comemora Dia da Agricultura com maior produção dos últimos 5 anos

Neste 17 de outubro comemora-se em todo o Brasil o Dia da Agricultura. Em São Gonçalo do Amarante, os pequenos criadores e agricultores têm muito a comemorar. Segundo a Secretaria Municipal de Agropecuária e Desenvolvimento Agrário (Semada), que desenvolve várias ações de apoio ao homem do campo, 2017 foi o ano mais produtivo para o município – de melhor plantação e colheita de milho e feijão – dos últimos 5 anos.

E isso deve-se a uma série de ações articuladas da Prefeitura. Uma das principais é o corte de terra nas propriedades dos pequenos agricultores, que são atendidos com máquinas agrícolas que são levadas às suas propriedades e realizam o corte de terra. Neste ano, 10 tratores estiveram em operação, sendo 2 próprios e 8 locados. Destaque ainda para a escavação de barreiros para irrigação das hortaliças, que também serve para os animais beberem no período de seca ou estiagem. E mais: a escavação de viveiros para incentivar a produção de peixes tipo tilápia no município.

Outra ação bastante importante que o órgão desenvolve, em parceria com o governo do RN, através do Idiarn e da Emater, é a vacinação dos rebanhos bovino e bubalino (búfalos) contra a febre aftosa. Essa imunização acontece a cada ano em 2 etapas: em maio e novembro. Na primeira, 1.800 doses de vacina beneficiaram os pequenos criadores do município. E uma terceira, e não menos importante, é a distribuição de sementes, também em parceria com a Emater. Foram dados, neste ano, 13 quilos de sementes para cada pequeno agricultor, sendo 5 de milho, 5 de feijão, e 3 de sorgo. Foram cerca de R$ 75.000,00 investidos, atendendo aproximadamente 500 famílias.

PRIORIDADE

E, mais uma vez comprovando a prioridade da Prefeitura de São Gonçalo no homem do campo, a Semada apoiou a implantação da Feira do Milho no Mercado Público Municipal, possibilitando que produtores pudessem vender seu milho em um espaço amplo e coberto, sem precisar de atravessador, tendo contato direto com o cliente e, assim, oferecendo um produto a baixo custo e de qualidade. “Todo o milho vendido neste ano, no município, foi de Poço de Pedras, com uma produção acima do esperado, graças ao bom inverno e à antecipação dos cortes de terra naquela região”, enfatiza a secretária de Agropecuária, Regina Maria Barbosa Tinoco.

Outro projeto que a Semada começou a desenvolver este ano foi a capacitação de servidores da secretaria, com a realização do curso de operador de trator e máquinas agrícolas, e também de operador de retroescavadeira, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar – e a Fênix Cursos.

Via Secom, Fotos Júnior Santos

 

Comente

Comente