Lume da Fogueira’ é a grande campeã do Arraiá Quatrocentão em São Gonçalo

O grupo vai representar o Rio Grande do Norte no Nordestão de Quadrilhas Juninas, no Piauí
Sete quadrilhas estilizadas elevaram a temperatura e a ansiedade no Ginásio de Esportes Senador Luiz de Barros, em São Gonçalo do Amarante, onde disputaram o título de campeã da 19ª edição do Arraiá Quatrocentão, neste sábado (24).
Com casa lotada, a cidade de São Gonçalo foi palco da disputa mais acirrada entre as maiores quadrilhas juninas do estado, que este ano teve como vencedora, com 49 pontos de cinco jurados, a mossoroense ‘Lume da Fogueira’ com o tema: “A Caravana da Ilusão”. O grupo vai representar o Rio Grande do Norte no Nordestão de Quadrilhas Juninas 2017 – realizado pela União Nordestina de Entidades Juninas (UNEJ), em Teresina, no Piauí.
Em sua apresentação, a Lume da Fogueira fez seus dançarinos se transformarem em atores, mágicos, equilibristas e até mesmo em homem perna de pau. Com máscaras e muito brilho, o arraiá ainda trouxe uma ‘rainha do milho’ que dançava sobre tablados nas mãos dos dançarinos, o que levou o público ao delírio, além dos variados vestidos trocados pela realeza em três momentos.
Por diferença de um ponto, a Junina São João, de Natal, ficou em segundo lugar. Seu tema “VidaMorte” contou a história da morte que, encantada com a magia da festa do menino São João, se apaixonou pela beleza da vida. Ciganos se uniram ao rei e rainha e brindaram o amor dos noivos, contagiando o público que aplaudiu de pé a última apresentação da noite.
Em terceiro lugar ficou a campeã do Quatrocentão 2016, a Balão Dourado (Natal), com o tema: É Tudo Truque. Também brilharam na final a Brejo de Ouro (Brejinho), Arraiá Beijoqueiro (Natal), Sonho Junino (Ceará Mirim) e a Cabaço (Natal). A campeã na categoria tradicional foi a Sertão Junino (Barcelona/RN), seguida da Brilho Matuto e Zé Matuto.
O Festival Arraiá Quatrocentão é realizado pela Liga de Quadrilhas Juninas Tradicionais e Estilizadas do RN – LIQUAJUTERN e TV Ponta Negra, em parceria com a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Fundação Cultural Dona Militana.
Fotos: Júnior Santos

Comente

Comente