Rio Grande do Norte São Gonçalo do Amarante

ex-prefeito e conselheiro do TCE Poti Júnior e a Gás Motores são alvos de ação judicial 

Uma ação de reversão de bem público contra a empresa Gás Motores e o ex-prefeito e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Poti Júnior, foi ajuizada na 1ª Vara Cível da Comarca de São Gonçalo do Amarante/RN.
O motivo é um terreno de alto valor na cidade, localizado na Avenida Tomaz Landim, que foi dado pelo então prefeito Poti Júnior à empresa com a justificativa de que a Gás Motores iria gerar 45 empregos diretos na cidade, com a construção de um posto de combustível no local.
Segundo a ação ajuizada pela Procuradoria Geral do Município, além de não gerar os empregos prometidos, o posto construído no referido terreno – vale lembrar que é o metro quadrado mais caro da região, onde é a porta de entrada da cidade – foi dado ao Banco do Nordeste como garantia de dívidas da empresa Gás Motores.
Ou seja, houve um desvio de finalidade da área pública, o que acarretou um dano patrimonial ao município, que, hoje, não dispõe mais de áreas tão estratégicas para novas intervenções urbanas.
Ainda de acordo com a petição, o objetivo da reversão de doação de bem é para construção de equipamentos comunitários que venham beneficiar o povo de São Gonçalo do Amarante, em especial a comunidade de Jardim Lola.
O Ministério Público também deverá apresentar parecer sobre o caso, conforme pedido na ação judicial.

Comente

Comente

Wendell Jefferson
Amante da tecnologia, fotografo e blogueiro nas horas vagas. Pai do Gustavo e Rafael, casado com @MagnaPaulo Reportando tudo que acontece no RN em especial em São Gonçalo do Amarante. Contato: dellnatal@gmail.com
http://www.wendelljefferson.com.br