Saúde de São Gonçalo intensifica trabalho para atingir meta da vacinação contra a gripe

Em São Gonçalo do Amarante/RN, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza já atingiu quase 70% da meta. A expectativa é de que 90% da população são-gonçalense seja vacinada até o termino da imunização, na próxima sexta-feira (26).

Contudo, este ano, a procura pela vacina caiu. Para a coordenadora da Atenção Básica, Kátia Cilene, esse fato é preocupante. “As pessoas acham que estão protegidas devido a vacinação do ano passado. Mas, todos os anos o Ministério da Saúde pede mudança na composição da vacina para coibir outros vírus. Se os grupos prioritários não optarem pela nova vacina, permanecerão em situação de risco”, afirmou Kátia.

O público-alvo é formado por pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses e menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e, a partir deste ano, professores das redes pública e privada.

Para imunizar o maior número de pessoas inseridas nestes grupos, as unidades de saúde estão realizando um levantamento sobre as pessoas acamadas, que residem em São Gonçalo do Amarante. Dessa forma, a equipe da Estratégia Saúde da Família é acionada e realiza a vacinação dos domiciliados que não podem se locomover.  Também vamos reforçar as ações de comunicação, internamente, para mobilizar o público alvo.

Para os demais, as vacinas estão sendo aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde, em todo município, de segunda à sexta-feira. Na Zona Urbana, o atendimento ocorre das 7h30 às 12h e das 13h às 16h. Já na Zona Rural o horário é diferenciado, das 7h às 13h.

Foto: Divulgação

Comente

Comente